entrar


Sítio estrela da manhã - a experiência do Seu Mílton Machado



                        

Experiência: Sítio estrela da manhã - a experiência do Seu Mílton Machado

Chamada: Experiência em sistemas agroflorestais e integração da produção em assentamento rural de Casimiro de Abreu - RJ

Ano Publicação: 2009
O agricultor Milton Machado, desde 2002, produz de forma agroecológica em seu sítio Estrela da Manhã, no Assentamento Rural Fazenda Visconde, no município de Casimiro de Abreu - RJ.

Desde que nasceu foi criado na área rural e sempre trabalhou na roça, plantando ou cortando madeira para fazer carvão e abrir novos pastos. Durante muito tempo, a forma que Milton plantava a sua roça era da maneira convencional, usando adubos industrializados, “mata-mato” e tirando recursos da natureza. Quando não deu mais para sobreviver só da roça, foi trabalhar como ajudante de pedreiro e depois como mestre de obras nas cidades de Casimiro de Abreu e Silva Jardim.

Teve a oportunidade e voltou para a terra graças à desapropriação da Fazenda Visconde para fins de Reforma Agrária. Porém, nessa nova chance, decidiu agir de forma diferente com a roça. Nesta época ainda não tinha consciência que a sua iniciativa era uma prática agroecológica.

Hoje suas lavouras são cultivadas por meio da aplicação dos conceitos e princípios agroflorestais.

Além da lavoura, Milton mantém sua propriedade com a criação de peixes, e todo o manejo que faz em seus tanques acontece de forma sustentável. Parte da alimentação dos peixes é feita com plânctons, microrganismos que se proliferam na água com o uso de esterco (matéria orgânica), e o açude fica permanentemente cheio, graças à água de boa qualidade que a sua agrofloresta produz.

Além dos trabalhos no sítio, Milton sempre está presente em cursos, reuniões, eventos e dias de campo, para trocar experiências, aprender e ensinar.

Ultimamente tem recebido visitas de vários grupos de estudantes, técnicos e agricultores interessados em conhecer como ele tem conseguido superar alguns obstáculos e dificuldades na agricultura.

Nestas ocasiões são servidos para os visitantes sucos e refeições que utilizam alimentos agroecológicos produzidos em sua propriedade. Esta iniciativa de receber grupos para visitas gera uma receita extra com o fornecimento das refeições e a venda do artesanato que Milton produz com materiais da natureza, tais como sementes, galhos e folhas, fibra de bananeira, cipós, bambu, madeira, dentre outros.

Outra parte da sua remuneração vem da comercialização dos seus produtos para um público fiel do município de Casimiro de Abreu. Toda semana Milton entrega diretamente nas casas de fregueses os alimentos cultivados por ele.

Esse agricultor possui conhecimentos de árvores madeireiras e é um grande comunicador de idéias agroecológicas, como por exemplo, o fato de multiplicar a importância dos animais na natureza, principalmente na polinização e propagação das sementes.
Autor(es):

Associação Mico-Leão-Dourado
Prefeitura Municipal de Casimiro de Abreu

Relator(es):

Articulação de Agroecologia do Rio de Janeiro

Anexos
  frm_exp_geral_ex_anexo ()
  frm_exp_geral_ex_anexo ()
  frm_exp_geral_ex_anexo ()
  frm_exp_geral_ex_anexo ()
  frm_exp_geral_ex_anexos_0_656_Fotos_no_Sitio_Agr ()

Áreas Temáticas
 Sistemas Agroflorestais e Agroextrativismo

Áreas Geográficas
 Casimiro de Abreu
  Sistemas Agroflorestais e Agroextrativismo

Comentários
Nome E-mail Comentário Data Inclusão